quarta-feira, 4 de setembro de 2013

De malas prontas: Frankfurt e Berlim


Depois de mega indecisão de como organizar esse big roteiro, farei pelo modo mais prático: Pelas cidades na ordem que visitei, logo, Paris é o último lugar. Minha intenção é postar mais de uma vez ao dia, então depois farei posts mais específicos sobre hotéis e etc! \o/


Como disse anteriormente, fiquei em Frankfurt apenas umas 3 horinhas e fui apenas em dois lugares:

  • Praça Römer:
Fica bem no centro da cidade, fomos andando da estação de trem até lá.

"A Praça Römer é um conjunto de casas históricas dos séculos XV e XVIII. Foram reconstruídas de acordo com as casas da época, como se não tivesse existido a noite do bombardeio de Março de 1944, que as destruiu juntamente com toda a cidade antiga."




Nessa praça é cheio de barzinhos e lojinhas de souvenirs. Quando fui tinham muitos turistas e uma galera bem animada bebendo! hehe



Várias teorias pra saber qual é desse cara sentado no ar! haha

  • Banco Central Europeu:
O maridão queria ir até lá, então lá fomos nós! É uma pracinha normal, com a diferença de ter a "Eurotower", o prédio que abriga o banco central europeu e ter o euro gigante. Quase tão grande quanto sua cotação! hahaha


Na volta, fizemos um lanchinho no balcão da própria estação de trem! Afinal, era como ir à central do Brasil e não comer um pastel com caldo de cana, não podia deixar passar! Hahaha


Linguiça, (não podia deixar de ser, haha) batata frita e uma fanta com muito menos corante que aqui (e menos gosto também, segundo a opinião alheia! haha)

Em Berlim ficamos 3 dias:


  • Checkpoint Charlie:

"Checkpoint Charlie foi o nome dado pelos Aliados a um posto militar entre a Alemanha Ocidental e a Alemanha Oriental durante a Guerra Fria."




Bem turístico e histórico! É bem central, perto da maioria de lojinhas e lanchonetes/ restaurantes. Durante o dia ficam alguns soldadinhos cobrando pra você carimbar o passaporte com a escrita "Checkpoint Charlie". Pelo que me lembro custa o equivalente a uns R$15, eu não carimbei! Fica muito cheio o dia todo e a noite bem mais calmo pra tirar foto!

Do outro lado da rua, indo reto, tem um "mini museu" e, atravessando a rua para a esquerda, uns pedaços do muro de Berlim pintados por artistas, um mais legal que o outro!





  • Muro de Berlim:
Dispensa apresentações!

A pessoa fica comendo sorvete e nem faz pose pra foto! Haha


O muro tem a extensão de 1.2km e no seu fim um memorial. Do outro lado tem um gramado bem grande onde a galera fica bebendo, fumando, ouvindo música..Acho que estão comemorando até hoje a queda do muro! haha

  • Memorial do holocausto:
"Um conjunto de estruturas de concreto que lembram lápides , representando os judeus mortos , Fica ao lado da Embaixada Americana , perto do Portão de Brandemburgo"


Meio insensível eu estar rindo na foto, mas sentei depois de brincar que nem criança pelo lugar.
Muita gente brinca de pique-pega pelas estruturas, conforme você anda, elas vão ficando mais altas, lembrando um labirinto! É engraçado e divertido. O memorial não perdeu o sentido, mas não tem tristeza. Acho que por ser algo tão simples, sem fotos ou coisas para chocar as pessoas.
Ao contrário do que está na foto, não é errado sentar nas "lápides", todo mundo senta, deita e alguns ficam de pé, de pé não pode, aí vem o guardinha e manda abaixar! hehe

  • Museu egípcio:
Fica na ilha dos museus, onde ficam 5 museus ao redor de um parque gramado onde todos ficam sentados curtindo a tarde. Delicia! :)

Fomos somente no museu egípcio e valeu muito a pena. riquíssimo em história e curiosidades. É possível alugar o áudio guide (tem em inglês, espanhol e outras línguas) pra ouvir sobre algumas peças sinalizadas com a figura de um fone.










  • Portão de Brandemburgo:
  • "Situado na extremidade da avenida que divide o Tiergarten, separa a Berlim ocidental da oriental."



    Também muito cheio pra fotos, mas bem legal! Tem algumas pessoas fantasiadas de personagens de filme e infantis tirando foto com as pessoas. Muito engraçado!

    De passeios turístico foi só, e um detalhe: Fiz tudo a pé! Taxi, não rola pela grana, mas porque também queríamos conhecer mesmo tudo. Andamos demaaaais, pra "sentir a cidade"! E o mico do dia foi, depois de tanto andar, um pé da minha sandália arrebentou! e depois de alguns metro, o outro pé também! Eitaaa classe média! hahaha..Ainda bem que deu pra segurar até o hotel! Andar descalço ia ser sentir demais a cidade pra mim! Haha



    Que vista linda!
    • Onde comer?

    Não comi comida em Berlim! Minhas refeições se resumiram a Pizza hut, Mc Donald's (e todas as porcarias do mundo!Haha) e os dois cafés da manhã que fiz na cidade foram nessa lanchonete bem em frente ao Checkpoint Charlie:


    Cara de sono total!

    Existem mil opções de sanduíches por lá, além de café e bebidas em lata (ice tea, sucos). O preço era ok, nada diferente do padrão que já citei no post de ontem! Hehe


    Logo volto com  Auschwitz! ;)
    Espero que gostem!
    Beijos!





    Nenhum comentário:

    Postar um comentário