terça-feira, 17 de junho de 2014

Como escolher o mochilão para viajar?

Sei que este post está mega atrasado, mas é algo super útil em viagens, por isso decidi tocar no assunto novamente e te ajudar a escolher o mochilão, tendo em base a minha experiência.

Os principais fatores que você precisa levar em conta são:


- Vou acampar ou me hospedar?
- Quantos dias de viagem são?
- Vou pegar temperaturas muito baixas?

No meu caso eram 15 dias e todos hospedada, além disso não ia para lugares onde estivesse muito frio. Ou seja, não precisava levar comida ou colchão de dormir e muito menos gastar espaço com casacos e outras roupas de frio, além de uma jaqueta e calça jeans.

Respondida essas questões, é preciso levar em conta que o recomendável é que o peso da mochila não ultrapasse 20% do seu peso, uma pessoa com 60 kg pode carregar um peso de até 12 kg. O que corresponde a uma mochila de 50 litros. 


Já com essa base de informações, é hora de ir a lojas e experimentar. Veja quais mochilas são mais confortáveis, e claro, avalie valores.

A que mais gostei foi essa:
Crampon 68 da marca Trilhas e Rumos, com capacidade de 13 kgs:



"Modelo cargueiro, com bolso frontal que pode ser destacado, virando pequena mochila. Com sistema de ajuste de alças regulável, armação interna, com amplo bolso e capa de chuva embutida, situada na tampa. 

Possui acesso também pelo fundo, com divisória interna, formando dois compartimentos dentro da mochila. Cinturão e apoio das costas em tecido respirável e com enchimento reforçado e dois bolsos laterais em tela, para itens úmidos ou garrafas de hidratação, além de dois bolsos laterais expansíveis, com fitas compressoras laterais e frontal. Indicada para atividades de longa duração, como caminhadas ou expedições com pernoite, para levar carga com conforto e tendo acesso fácil aos bolsos e compartimento interno."

Detalhes deste modelo:
1 - Bolso frontal destacável, formando pequena mochila de hidratação.
2 - Sistema de ajuste de alças regulável.
3 - Capa de chuva embutida, situada na tampa.
4 - Tampa telescópica, com amplo bolso.
5 - Armação interna.
6 - Acesso também pelo fundo, com divisória interna, formando dois compartimentos dentro da mochila.
7 - Cinturão e apoio das costas em tecido respirável e com enchimento reforçado.
8 - Dois bolsos laterais em tela e mais dois bolsos expansíveis.
9 - Fitas compressoras laterais e frontal.


Mesmo sendo baixa, com apenas 1,57m, hehe, ela  ficou com uma boa altura em mim, um ponto positivo é o fato de ser regulável em vários pontos.



Depois de algumas pesquisas, comprei a mochila no centro do Rio. Se eu não me engano, na loja Sub Sub:

http://www.subsub.com.br
Rua da Alfândega, 98 

Existem pelo menos 3 lojas de material esportivo por lá, vale a pena conferir cada uma. E, pagando a vista tem como conseguir um descontinho! ;)
Se compararmos os valores de mochila com os de malas, até pode rolar um susto, mas não esqueça que se paga pela praticidade! Aqui expliquei bem as vantagens de viajar de mochilão: Porque o mochilão?

Espero que este post possa ajudar os aspirantes a mochileiros! Hehehe
Até a próxima!


Nenhum comentário:

Postar um comentário